domingo, 8 de março de 2009

JEAN SIMMONS































Jean Merilyn Simmons nasceu em Crouch Hill, Inglaterra, no dia 31 de Janeiro de 1929, é uma atriz inglesa indicada ao Oscar e também condecorada com a Ordem do Império Britânico em 2003.
England, Jean Simmons começou a atuar aos 14 anos. Durante a guerra sua família fugiu para Winscombe em Somerset - seu pai, um professor de educação física (que havia representado a Grã Bretanha nos Jogos Olímpicos de 1912) dava aulas na Escola Sidcot, às vezes, Jean acompanhava sua irmã mais velha até a vila e cantava canções como "Daddy Wouldn't Buy Me a Bow Wow". Voltando para Londres, ela foi descoberta pelo diretor Val Guest que a escalou para uma peça "Give us the Moon". Tendo como prioridade se mudar para Hollywood, Simmons fez filmes importantes como "Great Expectations" (1946) e "Hamlet" (1948). Com a bagagem dos filmes e o incentivo de David Lean, ela alcançou o estrelato. Em 1950 a Inglaterra perdeu sua jovem estrela para a América e ela foi contratada pela RKO.
Em 1950, se casou com o ator inglês Stewart Granger, com quem fez diversos filmes, no mesmo ano Jean Simmons foi eleita a mais popular estrela do cinema britânico. Entre outros filmes de Jean, estão "Angel Face", "The Actress", "The Robe" (1953), "The Egyptian" (1954), "Guys and Dolls" (1955), "The Big Country" (1958), "Elmer Gantry" (1960), dirigido por seu segundo marido, Richard Brooks, "Spartacus" (1960), e "The Happy Ending", novamente dirigida por Brooks e onde teve uma indicação ao Oscar.
Nos anos 70, Simmons se focou no palco e na TV. Ela excursionou pelos EUA com uma peça chamada "A Little Night Music", depois foi para Londres. Por sua personagem em "The Thorn Birds", ela ganhou um Emmy. Em 1985 e 1986 fez "North & South". Em 1988estrelou "The Dawning" e em 1989 fez uma minissérie.
Do casamento com Stewart Granger (1950 a 1960), ela teve uma filha e do casamento com Ricard Richard Brooks (1960 a 1977), teve outra filha. Ambos eram bem mais velhos que ela mas ela sempre negou que estivesse em busca de uma 'figura paternal'. Seu pai faleceu quando ela tinha apenas 14 anos. Simmons se mudou para East Coast no final dos anos 70, morando numa casa em Litchfield County, Connecticut. Simmons fez tratamento contra o alcoolismo e nunca mais se casou. Atualemnte ela mora em Santa Monica, California.
- Recebeu uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz, por "The Happy Ending" (1969).
- Recebeu uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante, por "Hamlet" (1948).
- Recebeu 2 indicações ao Globo de Ouro de Melhor Atriz - Drama, por "Home Before Dark" (1958) e "The Happy Ending" (1969).
- Recebeu 2 indicações ao Globo de Ouro de Melhor Atriz - Comédia/Musical, por "Eles e Elas" (1955) e "This Could Be the Night" (1957). Venceu por "Eles e Elas".
- Recebeu uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante - Série/Mini-série/Filme para TV, por "Os Pássaros Feridos" (1983).
- Recebeu 2 indicações ao BAFTA de Melhor Atriz Estrangeira, por "Eles e Elas" (1955) e "Entre Deus e o Pecado" (1960).
- Ganhou o Volpi Cup de Melhor Atriz no Festival de Veneza, por "Hamlet" (1948).

3 comentários:

Roderick Verden disse...

Nunca havia reparado no sorriso de Jean Simmons: bem bonito!

Anônimo disse...

Até os pezinhos são lindos,Essas atrizes do passado,anos 60 e antes, tem pés muito mais bonitos que as atrizes de hoje,que tem dedos longos e feios, pois são magras demais.Ví ela em Hamlet de 1948,que filme,a melhor versão,pura grande filosofia.

movies classics disse...

Jean adoro demais. Sorriso lindão! E muito talentosa.