terça-feira, 27 de janeiro de 2009

ELIZABETH TAYLOR





























































Elizabeth "Liz" Rosemond Taylor nasceu em Londres, no dia 27 de fevereiro de 1932, é uma atriz anglo-americana. Filha de pais americanos, mudou-se para os Estados Unidos em 1939.
Começou a carreira cinematográfica ainda criança, quando foi descoberta aos dez anos. Contratada pela Universal Pictures, filmou There's One Born Every Minute, mas não teve o contrato renovado. Assim como o amigo pessoal Mickey Rooney, revelou talento participando de filmes infanto-juvenis, como na estréia em 1943 num pequeno papel da série Lassie. A partir de então, apaixonou-se pela profissão e permanecer no estúdio tornou-se o maior sonho.
Evoluindo como atriz talentosa e respeitada pela crítica, nos anos 50 filmaria dramas, como "Um lugar ao Sol", com o ator Montgomery Clift; "Assim Caminha a Humanidade", com Rock Hudson, ambos atores homossexuais e dos quais se tornou grande amiga. Nessa década faria ainda "A Última Vez Que Vi Paris", ao lado de Van Johnson e Donna Reed.
Apesar de não gostar do apelido, Liz, como é mais conhecida, é reverenciada como uma das mulheres mais bonitas de todos os tempos; a marca registrada são os traços delicados e olhos de cor azul-violeta, emoldurados por sobrancelhas espessas de cor negra. Celebridade cercada por intenso glamour e diva eterna dos anos de ouro do cinema norte-americano, é uma compulsiva colecionadora de jóias.
Certa vez, o amigo, o mágico David Copperfield, convidou-a para uma das apresentações e fez sumir das mãos um dos anéis favoritos. Liz, simpaticamente, e ao gritos, divertiu a platéia manifestando um momento de desespero ao ver o anel sumir.
Ficou famosa também pelos inúmeros casamentos (oito ao todo), sendo o mais rumoroso o com o ator inglês Richard Burton, notório pelo alcoolismo, com quem se casou duas vezes e fez duplas em vários filmes nos anos 60, como o antológico "Cleópatra", o dramático "Quem tem medo de Virgínia Woolf?", em que ela ganhou o segundo oscar, "Os Farsantes" e "A Megera Domada". Vencedora duas vezes do prêmio Oscar de melhor atriz, o primeiro em 1960 pelo papel da call-girl de "Disque Butterfield 8". Nessa década, com o reconhecimento do prêmio máximo do cinema mundial, consagrou-se como a mais bem paga atriz do mundo.
Foi pioneira no desenvolvimento de ações filantrópicas, levantando fundos para as campanhas contra a AIDS a partir dos anos 80, logo após a morte de Hudson. A despeito de ter nascido fora dos EUA, em 2001 recebeu do presidente Bill Clinton, a segunda mais importante medalha de reconhecimento a um cidadão norte-americano: a Presidential Citizens Medal. A medalha foi oferecida pelos trabalhos filantrópicos. Nessa época se agravaram os problemas de saúde, ganhando peso e sendo levada a internações recorrentes em hospitais.
Em estado grave e internada em um hospital americano em 15 de julho de 2008, com pneumonia e insuficiência cardíaca, correu risco de morte. Liz, que sofre de diabetes, também já enfrentou uma cirurgia para retirar um tumor do cérebro em 1997.
Atualmente se encontra bem.
Dos seus oito casamentos, teve 4 filhos. Também possui uma estrela na Calçada da Fama.

9 comentários:

Roderick Verden disse...

Dispensa comentários. Belíssimas fotos!

claudia disse...

Essa Mulher é indiscutivel!!!! parabens !!!!!!

Anônimo disse...

Sou fà dessa atriz desde menina,sua beleza é incomparável e devia ser clonada,pois olhos e rosto perfeitos como o dela...será muito difícil aparecer outro.

Valdemar disse...

Eliz vai deixar saudades, também era a minha favorita.
Um amor de mulher.

djalson disse...

MAIS UMA GRANDE ATRIZ VAI EMBORA E DEIXA UMA GRANDE TRISTEZA NO MEU CORAÇÃO JÁ SE FOI RECENTEMENTE A JANE RUSSELL E AGORA A NOSSA BELA... "ELIZABETH TAYLOR" MAS CREIO QUE UM DIA NO VINDOURO MUNDO ONDE A PRÓPRIA MORTE NÃO MAIS EXISTIRÁ IREMOS NOS
ENCONTRAR...ESTÁ FÉ NÃO É PARA POUCOS MAS PARA TODOS QUE CRER!
DJALSON ALBUQUERQUE:DJALSONDJ@YAHOO.COM.BR

Duda Souza disse...

Eu pensava estar preparado, mas realmente fiquei muito triste, sou fã ha 28 anos, mas meu amor continuará eterno, e sei que ela esta em um plano bem mais alto e um lugar melhor.
Te amo e sempre te amarei Elizabeth.
Eduardo Gonçalves
dusouza66@hotmail.com

Anônimo disse...

FOI UMA PERDA LAMENTÁVEL.SOU FÃ DELA DESDE MENINA,POSSUO 6 OU 7 FILMES DELA EM DVD E PRETENDO TER TODOS QUE PUDER.LIZ ERA DE UMA BELEZA INCOMPARAVEL,SEU ROSTO ERA PERFEITO E SEM JAÇA E AQUELES OLHOS... OS MAIS LINDOS JÁ VISTO.PENA EU NUNCA TER TIDO A OPORTUNIDADE DE VE-LA EM PESSOA.COLECIONO SUAS FOTOS GRAVADAS EM CD.EU ACHO QUE DEUS QUANDO A FEZ PENSOU ESTAR ESCULPINDO O ROSTO DE UM ANJO E QUANDO VIU O ENGANO,DEIXOU PRA LÁ...

Carolina Antunes disse...

Eu simplesmente amo a Elizabeth Taylor já assisti vários filmes dela e não me canso de dizer que ela é a atriz mais bela e talentosa que o mundo já viu pena que nos deixou,fiquei muito triste ao saber da notícia a constelação de grandes estrelas está brilhando cada vez menos e isso me deixa muito triste....Ah gostaria de convidar vc para participar do meu Blog:Bastidores de Uma cena,já estou seguindo o seu siga o meu por favor:http://bastidoresdeumacena.blogspot.com/

Rocio disse...

É uma das mulheres mais bonitas do mundo. Eu sempre me lembro sua sensualidade e seu vestido. Gostaria de saber se o cabelos coloridos ou não. Eu procurei na internet, mas não encontrei a resposta. beijos